Contatos

A Banda Rubber Soul está temporariamente fora de atividade














e-mail: kildarerios@gmail.com

Amigo Erick

segunda-feira, 30 de novembro de 2009


Eu não poderia deixar de escrever alguma coisa sobre a viagem do Erick. Apesar de ser muito difícil, pois eu tenho mil coisas para dizer, em milhares de palavras. Portanto, tenho que selecionar as coisas mais importantes, para ser menos prolixo.


Para quem não sabe, o nosso amigo Erick já fez parte da Rubber Soul. No ano dois mil, quando o Régis teve que ir a São Paulo, Erick ensaiou conosco e tocou uma única vez no Pilão da Madrugada. Apesar de meio nervoso, mostrou seus dotes de músico e, principalmente nos ensaios, mostrou-se um guitarrista virtuose. Aliás, pelo tempo que convivi com ele, como amigo, como amigo da mãe dele e como companheiro de banda, percebi que ele se dedicava ao máximo a tudo o que fazia. E conseguia fazer tudo com perfeição.


Hoje estou muito longe de digerir tudo o que aconteceu. Mas de tudo o que eu consegui entender, uma coisa ficou bem clara: nunca mais vou tocar as músicas dos Beatles do mesmo jeito. Perdeu um pouquinho da graça. Mas será sempre uma homenagem ao nosso amigo: meu e do Eduardo. O Erick entrou naquela lista de pessoas que viajaram e que mudaram as vidas dos que ficam. E uma das maiores lições que o nosso convívio deixou foi o seu olhar meigo, seu sorriso tímido, seu jeito pacato.


O que poderia se dizer de quem provocou tudo isso? A única coisa que me vem à cabeça é que essas criaturas só tem de humanos o número de cromossomos. Por que eles não foram criados como humanos. Não tiveram amor de mãe. Nunca experimentaram o aconchego familiar. Não sabem, por que não vivenciaram, o significado de muitas palavras, como “compaixão”, “amor ao próximo”, “justiça”. E a esse tipo de criatura é dada a chance de conviver com os Ericks... só podia dar nisso.


Nada vai nos consolar. Nem adianta procurar desculpas. Não há nada a ser dito à sua mãe, a seus familiares e amigos. Nem adianta dizer que este era o plano de Deus, pois nós sabemos que existem forças maléficas que desviam o plano divino para promover o mal. Deus, de certo, planejou que Erick veio para viver sua vida plena, ter sua família, ser feliz, fazer os seus felizes e ter mais chances de purificar seu espírito.


Vai com Deus, Erick, e leve um pouquinho de nós contigo, da mesma forma que ficaremos com muito de você conosco.

0 comentários:

Postar um comentário